Minimalismo

Acabei de terminar de ler meu primeiro livro em inglês e tem algumas coisas que eu gostaria de compartilhar: 📚

Minimalismo

1 – Foi mais fácil do que eu imaginava

Nunca tinha comprado um livro em inglês porque achava que seria desperdício, acreditava que não conseguiria ler, ou que meu nível de inglês não fosse o suficiente, mas até que eu consegui entender bem. Porém o que me ajudou realmente a conseguir aproveitar bem o livro foi o item 2 abaixo.

2 – O Kindle foi uma das melhores aquisições que já fiz.

Principalmente levando em consideração o custo-benefício, pra quem lê uma quantidade razoável de livros, a diferença que você paga entre o livro digital e o de papel cobre o valor da aquisição em pouco tempo. No início existe aquela dúvida sobre a adaptação na leitura, mas eu achei super confortável, e o Kindle tem outras vantagens em relação ao livro tradicional como: transporte (peso e tamanho, e você pode carregar vários livros ao mesmo tempo) e leitura no escuro (regulagem da iluminação).

3 – Minimalismo

Já fazia algum tempo que eu vinha tentando desentralhar algumas coisas minhas que guardava há tempos, mas era algo muito pessoal e intuitivo, até que encontrei por acaso um documentário na Netflix (Minimalism: A documentary about the important things, 2016) e resolvi pesquisar mais sobre o assunto, até encontrar o livro do Joshua Kondoramin e a soma disso tudo me ajudou muito a conseguir me desfazer de outros objetos, principalmente dos livros que eu tinha.
Valeu a pena. 💪
Acho que não comprarei outro livro de papel tão cedo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.