Ser diferente é normal

Esse post foi originalmente publicado no meu antigo blog sobre língua de sinais, e como decidi encerrá-lo, resolvi importar os textos para cá.

Paula Werneck

Escrevi esses dias sobre a diferença entre as pessoas, preconceito e amor ao próximo. Apesar de o Libras.info ser inicialmente sobre Libras e surdos, as vezes posto aqui algumas coisas sobre outros assuntos, como os vídeos do cadeirante Aaron “Wheelz” Fotheringham sobre o Hardcore Sitting e também a história do Nick Vujicicque nasceu sem os braços e as pernas.
Eu acredito que o respeito ao próximo seja uma das maiores virtudes do ser humano, talvez por isso me incomode tanto fanáticos religiosos, homofóbicos, racistas entre outros.

A menina diferente

O filme abaixo, chamado “Menina Diferente”, é a nova campanha do Instituto MetaSocial que dá orientação aos pais de filhos com síndrome de Down fala um pouco sobre isso. No filme, Paula Werneck, atriz que já protagonizou outras campanhas do MetaSocial, está em casa e declara ser uma menina diferente. A suposição leva a crer que essa “diferença” seria por outros motivos até que ela declara que é por gostar de tocar bateria.

Eu adoro música. Como toda menina da minha idade.
Adoro internet. Adoro festas.
Mas não é em tudo que eu sou assim, igual as meninas da minha idade. Em uma coisa eu sou bem diferente…
Eu toco bateria! =)
♫♪♫♪

Ser diferente é normal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.